Windows 7 product Keys Office 2016 product Keys Office 2013 product Keys Office 2010 product Keys Office 2007 product Keys buy windows key online,microsoftwarestore,online key shop Canada Goose jas canada goose outlet https://www.airbrushhenk.nl airbrushhenk.nl canada goose jas canada goose outlet
Nosso Método

O IRS é reconhecido pela inovadora metodologia de ensino, adaptada à realidade dos alunos que atende. A Tecnologia Social utiliza o método Suzuki – uma proposta desenvolvida no Japão que consiste, basicamente, em ensinar brincando, o que possibilita aos alunos começarem a tocar um instrumento musical nas primeiras aulas. É uma metodologia de baixo custo e de fácil reaplicação em outras comunidades, por causa da forte interação com a população local, geração de renda para as famílias envolvidas e formação profissionalizante. A grade curricular inclui canto-coral, teoria musical, instrumento (violino, viola ou violoncelo) e formação orquestral.

O projeto educacional é dividido em três formações: Cultural, Educacional e Profissionalizante.

FORMAÇÃO CULTURAL

Formação Cultural

Na Formação Cultural, denominada projeto En-canto & En-cordas, os alunos realizam o primeiro contato com a educação musical. Nessa formação são ministradas oficinas de coral, teoria musical e instrumentos de orquestra (violino, viola e violoncelo) num único dia da semana.

Ela pode ser reaplicada em parceria com outras instituições. Nesse modelo, o IRS leva a educação musical para dentro de uma instituição parceira que assume a responsabilidade pela aquisição dos instrumentos, pela administração e sustento do projeto e pelo monitoramento dos alunos. Todas essas ações são orientadas pela equipe técnica do IRS.

FORMAÇÃO EDUCACIONAL

Formação educacional

A Formação Educacional é chamada de Projeto Notas & Canções. Ela é apoiada pelo Instituto Bancorbrás, uma das primeiras instituições a acreditar no potencial de transformação social do nosso projeto educacional. E foi com o apoio de toda a equipe do Instituto Bancorbrás que conseguimos transformar um pequeno coral de 22 crianças numa orquestra e coro com mais de 100 alunos.

Nessa formação são ministradas oficinas de coral, teoria musical e instrumentos de orquestra (violino, viola e violoncelo). Cada oficina acontece em um dia da semana, ou seja, os alunos estudam quatro vezes por semana.

FORMAÇÃO PROFISSIONALIZANTE

XXI Congresso Pan-Americano da Criança e do Adolescente. 09/12/2014. Foto: Jefferson D. Modesto.

XXI Congresso Pan-Americano da Criança e do Adolescente. 09/12/2014. Foto: Jefferson D. Modesto.

A formação final do projeto educacional do Instituto Reciclando Sons é o projeto A Arte do Protagonismo. Ele tem como objetivo formar profissionais que sejam reconhecidos pelo mercado de trabalho como músicos empreendedores e educadores sociais. Os alunos realizam um curso preparatório para a obtenção da carteira da OMB – Ordem dos Músicos do Brasil, o que os possibilita a trabalhar segundo as normas legais vigentes no país.

A profissão de músico foi regulamentada pela Lei 3.857 (KUBITSCHEK, 1960) que criou a Ordem dos Músicos do Brasil (OMB).  A carteira da OMB possibilita o profissional a atuar nas seguintes categorias:

  1. a) compositores de música erudita ou popular;
  2. b) regentes de orquestras sinfônicas, óperas, bailados, operetas, orquestras mistas, de salão, ciganas, jazz, jazz sinfônico, conjuntos, corais e bandas de música;
  3. c) diretores de orquestras ou conjuntos populares;
  4. d) instrumentistas de todos os gêneros e especialidades;
  5. e) cantores de todos os gêneros e especialidades;
  6. f) professores particulares de música;
  7. g) diretores de cena lírica;
  8. h) arranjadores e orquestradores; e
  9. i) copistas de música.

Os alunos de destaque são chamados para integrar a equipe de trabalho do Instituto como estagiários e posteriormente monitores. Para aqueles que realmente se interessarem pelo trabalho, o IRS busca parceiros que possam conceder bolsas de estudo superior nas áreas estratégicas da instituição, como Administração, Pedagogia, Serviço Social e Comunicação Social. Todos os alunos dessa formação se integram à Orquestra Jovem Reciclando Sons e começam a receber cachê nas apresentações pagas, o que possibilita os alunos a gerar renda para suas famílias.